Total de visualizações de página

Seguidores

A Palavra do Frei Petrônio

Loading...

sábado, 10 de maio de 2014

FREI PETRÔNIO EM UNAÍ-MG. (5ª Parte)

4º DOMINGO DA PÁSCOA: Dia das Mães

Reflexão de Frei Jorge Van Kampen. (In Memoriam)

Se tivesse havido uma mãe na parábola do filho pródigo, a história poderia ter sido contada bem diferente. Um exemplo é Santa Mônica. O pai do filho pródigo ficou em casa, para que na volta do filho poderia ter alguém para abrir-lhe a porta. A mãe santa Mônica, saiu ao encalço do seu filho pródigo. Enganada por ele, a deixou no porto, quando ele embarcou para a Itália. A mãe não desanimou. Ela tomou outro navio, e enfrentando o perigo do mar e sem conhecer a língua que falavam, desembargou também na Itália. Reencontrou finalmente o seu filho em Milão. Este filho chama-se Agostinho, mais tarde será o Santo Agostinho. A mãe concebe o seu filho para a vida temporal e pelo coração ao faz nascer para a vida eterna. Cristo usa um exemplo semelhante de um pastor, que dá a vida pelas ovelhas.
Liturgia da Palavra de Deus. (At. 2, 14 e 36-41; 1º PE. 2, 20-25; Jô 10, 1-10).
Pedro aponta Jesus como modelo de vida para imitá-lo. João apresenta Jesus como um Bom Pastor. Jesus é indicado como a porta, o ideal para todos, que dão a vida pelas ovelhas.

Reflexão.
Quando lemos o Evangelho de hoje sobre o bom pastor, João fala para nós. Fala sobre a nossa maneira de viver, sobre o nosso comportamento de vida. Pode ser, que sejamos sobre carregados e ocupados demais; isto não quer dizer, que somos um bom pastor. Jesus como um bom pastor dá a vida pelas ovelhas. A nossa sociedade nos empurra dentro duma estrutura, que não dá muita atenção pela pessoa humana. João nos convida a dar toda atenção pela pessoa humana, também no trabalho e ocupação. Precisamos ter um coração ardente pelo nosso semelhante. Sejamos todos nós um só rebanho, e um só pastor. Parece uma utopia: parece um sonho. Mas é possível até agora não chegamos a tanto. Não devemos fechar-nos dentro de nós. Devemos ser como ovelhas, que seguem o seu pastor. Assim abrimos o caminho para a unidade e o verdadeiro amor.

Resposta à Palavra de Deus.

Senhor, dá-me maior disponibilidade à Tua voz, donde quer que chega a nós. Dá-me receptividade diante de Teus dons, qualquer que seja o instrumento, que Tu me escolhes. E apesar das minhas limitações, me aceita como operário na Tu mesa. Amém.